+ -

Pages

Quais distúrbios estão relacionados à tontura?

Em muitos casos, a sensação de vertigem indica problemas no ouvido ou no cérebro.



A vertigem é uma das razões mais comuns para consulta médica em centros de saúde. Nos últimos anos, seu diagnóstico aumentou em pacientes adultos, em grande parte devido ao aumento do estresse em nossas vidas, mas também porque anteriormente era identificado como mera tontura.



Vertigem é freqüente, mas não Tem seriedade, é fácil de tratar e geralmente não é um sintoma de qualquer outra complexidade médica. Essa é a vertigem mais convencional, diagnosticada em mais de 90% dos casos. No entanto, devemos ter em mente que existem dois tipos de vertigem, daí a importância do diagnóstico oportuno e estudo das causas. É importante diferenciar os dois tipos de vertigem existentes: periférica e central, também conhecida como paroxisítoma. O primeiro é o mais comum, o segundo é muito raro. As causas de ambos, assim como o tratamento a ser seguido para eliminá-las, são diferentes.



Identifique a vertigem



As causas e o tratamento de um tipo de vertigem são diferentes, assim como os sintomas. Ambas compartilham a sensação de tontura, que é mais intensa na periferia, o que a torna mais irritante, porque nos altera as tarefas diárias tão simples quanto desenvolver o trabalho normalmente.



A vertigem periférica geralmente é agravar com o movimento e está associada a náuseas e zumbidos nos ouvidos, duas coisas que têm pouca incidência se é vertigem central. Nesse caso, o que o paciente tem são dores de cabeça severas. Você pode até ter visão embaçada, visão dupla e notar paralisia em algum momento. A vertigem central aparece pouco a pouco até atingir seu ponto mais alto, no qual o paciente sente desconforto de maneira contínua, o que o torna especialmente irritante. Enquanto quando é periférico, geralmente é apresentado subitamente, sem nenhuma indicação prévia (além de episódios prévios de vertigem).



descripcion A vertigem periférica ocorre repentinamente



por que é devido à vertigem



episódios de vertigem respondem a causas diferentes e no caso os periféricos estão relacionados com o ouvido, o que pode levar a afetar o equilíbrio do paciente, e se é central ao cérebro.



No primeiro caso, as causas podem ser do consumo de certos antibióticos até a pressão de um tumor (geralmente benigno) no nervo vestibular. Ele também pode ser causada por trauma, lesão, labirintite (irritação ou inchaço do ouvido interno) ou doença de Ménière, um distúrbio que afeta audição e equilíbrio.



vertigem Central tem como causas, mais uma vez, consumo de drogas, anticonvulsivantes nesta tumores cerebrais caso (benignos ou malignos) ou doenças vasculares. de Esclerose Múltipla, enxaquecas ou sofrer um acidente vascular cerebral também são razões para este tipo de vertigem. Neste último caso, a própria vertigem pode ser um aviso de que ocorreu o acidente.



Confirmar o diagnóstico



Embora os sintomas de vertigem periférica e central podem ser semelhantes, e às vezes ser confundido por pacientes que sofrem, suas causas são completamente diferentes e afetar diferentes partes do seu corpo. Daí a importância de se consultar com o seu médico para realizar um diagnóstico adequado. Além de investigar os sintomas do paciente, o médico pode realizar um exame de cabeça e pescoço, vascular e até mesmo neurológico para determinar as causas da vertigem e ajustar seu diagnóstico, tanto quanto possível. Existe toda uma gama de testes específicos além do exame físico.



descripcion É importante consultar um médico se forem observados episódios de vertigem



Se o médico observar alterações no Sistema nervoso central, que seria derivado da vertigem central, é importante que transfira o caso para um especialista. Deve agir assim no caso de detectar surdez grave, um novo tipo de dor de cabeça ou nistagmo (movimentos involuntários dos olhos).



Tratamento da vertigem



O principal incômodo descrito por aqueles que sofrem de vertigem é a sensação de tontura e visão embaçada, que em muitos casos dificulta a continuidade de suas vidas diárias. Para atenuar esses sintomas, o médico pode recomendar medicações específicas. Embora em muitos casos, um estilo de vida mais calmo e evitar situações que causam desconforto geralmente são suficientes para conter a vertigem.



Para outros tipos de doenças, no caso de vertigem central, é aconselhável visitar o fisioterapeuta e, se os sintomas persistirem, consultar um especialista.

5 Salve a Saúde: Quais distúrbios estão relacionados à tontura? Em muitos casos, a sensação de vertigem indica problemas no ouvido ou no cérebro. A vertigem é uma das razões mais comuns para consulta m...
< >