+ -

Pages

Por que os antibióticos contêm ácido clavulânico?

Em muitas ocasiões, as pessoas estão acostumadas a tomar antibióticos para resolver uma infecção, e embora não deva ser abusada, é um bom remédio. Mas os antibióticos carregam ácido clavulânico, você sabe por quê?



Podemos ter notado que recentemente junto com alguns antibióticos vêm também um componente chamado ácido clavulânico em sua composição. Alguns dos mais comuns, como a amoxicilina, são certamente acompanhados por este composto.



É importante que leia atentamente o folheto informativo, especialmente se for um antibiótico com uma nova substância que não tomou antes da primeira dose. Deve também informar o seu médico e o seu farmacêutico sobre o resto dos medicamentos que está a tomar, com ou sem receita médica. Finalmente, siga as instruções dadas pelo seu médico para fazer este medicamento para ser o mais adequado possível para a infecção que você deve curar e não hesite em consultar novamente se você sentir algum efeito colateral ou você não pode se livrar da doença, finalmente.



Para saber melhor o que é o ácido clavulânico em Bekia, dizemos qual é a sua função, para que serve e por que é tão importante acompanhar os antibióticos hoje em dia.



O que é ácido clavulânico?



O ácido clavulânico é uma substância que, combinada com uma medicação antibiótica, ajuda a superar a resistência à penicilina. Inativa, parcialmente, esta substância, a fim de superar as bactérias que afetam o nosso corpo.



la toma de antibióticos puede ser beneficiosa siempre que sea necesario Tomar antibióticos pode ser benéfico sempre que necessário



Amoxicilina é geralmente prescrita com ácido clavulânico para pessoas que são afetadas por algum tipo de bactéria que causa infecções de urina, pulmões, audição ou na pele. A amoxicilina retardará o crescimento de bactérias que estão gerando uma infecção em nosso corpo e o ácido clavulânico é um inibidor da beta-lactamase, isto é, ajuda a impedir que as bactérias destruam a droga com a penicilina.



O ácido clavulânico foi descoberto em laboratórios norte-americanos em meados da década de 70 e mais tarde tornou-se conhecido no mercado.



Atualmente, podemos encontrá-lo em muitas composições, mas especialmente nos mais nomeados: amoxicilina. No entanto, apesar de funcionar bem com este antibiótico, surgiram algumas bactérias que ainda são resistentes a essa composição. Este medicamento, além de acompanhar medicamentos com penicilina, também é indicado para tratar outros tipos de doenças, como as de transmissão sexual.



Posso tomar compostos com clavulanato?



Se você é alérgico a antibióticos não é conveniente tomar qualquer mediação que contém penicilina, porque isso poderia ser muito perigoso para a sua saúde. Portanto, você deve sempre informar o seu médico ou farmacêutico que você tem esse tipo de alergias.



Nós só pode obter antibióticos prescrição, por isso, se o seu médico e sabe sua história, não prescrever este medicamento. No entanto, nunca é demais perguntar ao profissional de saúde, ao farmacêutico e ler todo o prospecto. Se tivermos dúvidas, é melhor consultá-lo antes que seja tarde demais.



Devemos ter em mente que os antibióticos não curam um resfriado, desde que não haja infecção. Para doenças virais, devemos optar por outro tipo de procedimento e medicação, já que antibióticos como a amoxicilina com ácido clavulânico podem não ter a composição necessária para curar um resfriado, mas são projetados para curar outras doenças, como as chamadas infecções de urina, ouvidos, pulmões ou pele.



Este tipo de medicação deve ser tomado apenas nas horas indicadas pelo médico, que pode ser uma a cada oito horas ou uma a cada doze horas



É muito importante que você não esqueça as injeções, pois o que o antibiótico faz é manter nosso corpo protegido por toda a duração da dose. Se não seguirmos o padrão prescrito e tomarmos o remédio tarde demais, nosso corpo não será protegido como seria necessário.



debes tomarte todas las tomas que te dice tu médico Você deve tomar todas as injeções que seu médico lhe disser



Sempre siga as instruções do médico ou profissional de saúde e não tome duas pílulas de uma vez se tiver esquecido um tiro. Isso não fará com que a amoxicilina ou o ácido clavulânico o tornem mais eficaz ou recupere o efeito da pílula esquecida.



Você deve tomar todas as injeções que seu médico lhe deu. Você provavelmente se sentirá melhor antes de terminar a prescrição, mas isso não significa que a infecção tenha sido curada. O que você vai fazer antes é que as bactérias se acostumaram ao antibiótico, tornando a infecção muito mais difícil de curar depois, já que o médico não poderá prescrever o mesmo medicamento porque não será eficaz como poderia ter sido antes.



Como todos os medicamentos o ácido clavulânico também pode causar efeitos secundários tais como tonturas, vómitos, urticária, alergias como problemas respiratórios ou inchaço do corpo. Se algum destes efeitos secundários ocorrer após tomar a medicação, não hesite em procurar o seu médico de emergência o mais rapidamente possível e parar de tomar o medicamento até que os médicos determinem se você pode continuar a fazê-lo.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 Em muitas ocasiões, as pessoas estão acostumadas a tomar antibióticos para resolver uma infecção, e embora não deva ser abusada, é um bom re...

Diferenças e semelhanças entre TDAH e Síndrome de Asperger

ADHD e síndrome de Asperger são diferentes, mas ao mesmo tempo têm algumas semelhanças.



Nos primeiros anos do desenvolvimento infantil, TDAH (Déficit de Atenção e Hiperatividade) e síndrome de Asperger têm características muito semelhantes que causa confusão e erros no início detecções.



No entanto, esses dois distúrbios são completamente independentes, embora haja a possibilidade de que um indivíduo com TDAH possa manifestar sintomas característicos da Síndrome de Asperger, ou vice-versa, especialmente nos primeiros casos. anos escolares



los individuos que padecen un trastorno u otro presentan problemas a la hora de relacionarse con su entorno Indivíduos com um distúrbio ou outro têm problemas relacionados ao seu ambiente



Quais são as semelhanças entre o TDAH e a Síndrome de Asperger?



Ambos os distúrbios podem ser confundidos em idades precoces por causa de semelhanças nos comportamentos. Embora esses comportamentos sejam apresentados por diferentes razões, a observação deles pode confundir a diferenciação no diagnóstico.



Alguns dos comportamentos semelhantes que eles compartilham são:



- Problemas para se colocar no lugar dos outros: em indivíduos com TDAH ou síndrome de Asperger é observado falta de empatia, que leva a problemas para compartilhar com outras experiências ou emoções.



- Dificuldades na interação social e familiar: Em relação ao acima, os indivíduos que sofrem de um distúrbio ou outro têm problemas quando se relacionam com seu ambiente, que impedir o desenvolvimento de habilidades sociais adequadas para sua idade.



- Déficit no autocontrole e na regulação emocional e comportamental: ambos os distúrbios compartilham comportamentos compulsivos que dificultam o controle de seus impulsos e o controle de suas emoções. Além disso, muitas vezes apresentam muitas birras.



- Alto interesse em criar jogos: Quando eles são pequenos, eles apresentam boas habilidades com jogos como quebra-cabeças e leigos. Além dessa habilidade, eles também demonstram pouco interesse em compartilhar e interagir de forma lúdica com seus colegas.



- Eles não seguem as regras de conduta: Em ambos os transtornos há dificuldades para aprender as normas sociais que começam a ser ensinados em uma idade precoce.



Quais são as diferenças entre o TDAH e a Síndrome de Asperger?



Devido às semelhanças entre os dois distúrbios durante os primeiros anos de vida, pode diagnosticar erroneamente. Portanto, é essencial tentar ter um cuidado especial na observação e avaliação de um transtorno ou outro para evitar intervenções inadequadas que, em muitos casos, podem ser prejudiciais.



A seguir, vamos ver quais são as principais diferenças entre os sintomas do TDAH e os da Síndrome de Asperger:



1. Déficit de atenção:

>

Esta característica mais atenuada em crianças com TDAH também ocorre na Síndrome de Asperger, mas, diferentemente da anterior, as crianças com Síndrome de Asperger apresentam falta de atenção pelo pouco interesse que eles têm em relação ao meio ambiente.



No entanto, no TDAH, a atenção é acionada quando qualquer estímulo externo aparece na tarefa que estão realizando.



2. Capacidade de concentração:



Crianças com Síndrome de Asperger não apresentam dificuldades de concentração, elas podem até mesmo ficar realmente focadas nas tarefas que são de interesse.



No entanto, a concentração de TDAH é prejudicada no desempenho de tarefas e quando participam de conversas sociais, já que sua impulsividade dificulta a atenção ao que eles estão ouvindo.



3. Interação social:


Apesar das primeiras dificuldades que são observadas no TDAH, no longo prazo, as crianças que sofrem são capazes de se relacionar com o ambiente. p43>

Pelo contrário, a Síndrome de Asperger apresenta dificuldades na intencionalidade comunicativa, uma vez que não demonstram interesse na interação social.



4. Psicomotora:

A diferença entre os dois distúrbios é que as crianças com Síndrome de Asperger manifestam problemas em psicomotricidade fina e grosseira, enquanto as crianças com TDAH não apresentam dificuldades. nesta área.



5. Idioma:



No TDAH não há dificuldades na comunicação com os outros, uma vez que eles entendem a linguagem verbal e não verbal. O único problema que podem ter é a interrupção durante uma conversa, porque seus impulsos e problemas com a atenção dificultam a manutenção de conversas duradouras. No entanto, na Síndrome de Asperger manifesta problemas na linguagem, tanto quando se trata de produzi-lo quanto de entendê-lo, especialmente quando se trata de ironias, piadas ou sarcasmos.



6. Interesses:



Crianças com TDAH têm uma ampla gama de interesses. Além disso, é comum que altere facilmente as preferências e, como conseqüência, é comum que as tarefas que começaram não terminem.



No entanto, as crianças com Síndrome de Asperger apresentam interesses muito restritivos e são muito vulneráveis ​​a mudanças nas rotinas.



7. Desempenho acadêmico:



Durante o estágio educacional, é comum que as adaptações curriculares sejam aplicadas em crianças com TDAH ou Síndrome de Asperger. No entanto, devido à capacidade de concentração, as crianças com Síndrome de Asperger freqüentemente obtêm bons resultados acadêmicos. Mesmo em alguns casos, essas crianças podem ter um alto QI e habilidades especiais.



Por outro lado, não precisa ser habitual, mas algumas crianças com TDAH mostram baixo desempenho acadêmico devido à falta de atenção e concentração, e desmotivação que surgem quando perdem o interesse em as atividades acadêmicas em que eles não são reforçados.



es mejor ser precavido y esperar a realizar un buen diagnóstico cuando los síntomas sean del todo claros É melhor ser cauteloso e esperar por um bom diagnóstico quando os sintomas são claros



O que deve ser levado em conta ao fazer um diagnóstico? diagnóstico



Até 6 ou 7 anos de idade, é muito complicado fazer um diagnóstico adequado no TDAH. Isso ocorre porque os sintomas mais comuns, como falta de atenção e impulsividade, não precisam ser mantidos com o passar do tempo.



Sempre devemos ter em mente que as crianças nessas idades, eles podem dar grandes mudanças. Portanto, é melhor ser cauteloso e esperar para fazer um bom diagnóstico quando os sintomas estiverem claros.



Um dos aspectos que devem ser levados em conta é o tratamento que é aplicado no caso do TDAH. Muitas vezes este tratamento é farmacológico e se uma detecção errônea é feita, os efeitos colaterais das drogas podem ser muito prejudiciais.



É por isso que é recomendado começar com a aplicação de técnicas de modificação de comportamento para corrigir esses comportamentos desadaptativos.



Por outro lado, ao contrário do anterior, a Síndrome de Asperger não tem nenhum tratamento farmacológico para melhorar os sintomas mais comuns, como problemas de comunicação ou dificuldade de adaptação a mudanças repentinas.



Com relação à intervenção em instituições educacionais, o objetivo principal da Síndrome de Asperger é treinar essas crianças em habilidades sociais para estimular a interação e a comunicação social, bem como para ajude-os a entender o mundo ao seu redor sem afetá-los.



No caso do TDAH, o objetivo principal é fornecer às crianças ferramentas para que elas aprendam a ignorar os estímulos externos e a tentar melhorar sua capacidade de concentração.



Por fim, observe que o problema mais comum em ambos está relacionado ao campo social. A incompreensão da sociedade diante desses distúrbios dificulta que essas crianças se adaptem ao seu ambiente sem sofrer conseqüências negativas devido aos comportamentos que realizam.



Por isso, é muito importante realizar uma intervenção precoce e ajustada tanto às características quanto à personalidade de cada indivíduo, procurando sempre cuidar de sua auto-estima e dotando-as de estratégias capazes de começar em um curto período de tempo para que não haja motivação ou sentimentos de incapacidade.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 ADHD e síndrome de Asperger são diferentes, mas ao mesmo tempo têm algumas semelhanças. Nos primeiros anos do desenvolvimento infantil, T...

Qual é o tratamento para o enfisema pulmonar

O enfisema pulmonar pode ser bastante grave quando você o tem, descubra qual é o tratamento.



Se você tiver enfisema pulmonar, terá que iniciar o tratamento o mais rápido possível, embora o tratamento e a gravidade do problema variem muito As abordagens de tratamento existentes e disponíveis são diferentes. É normal que o médico prescreva os tratamentos com uma abordagem gradual, dependendo da gravidade da condição.




Tópicos relacionados



  • Quais são os sintomas de enfisema pulmonar

  • O que é um enfisema pulmonar


Alguns dos os tratamentos mais comuns são nós vamos discutir a seguir, mas acontece que você tem que falar com o seu médico.





Quit Smoking



Embora isso não seja estritamente um tratamento é necessário para tratar enfisema pulmonar A maioria dos médicos faz essa recomendação para pessoas que têm essa doença. Parar de fumar pode melhorar a doença e melhorar a função pulmonar até certo ponto. É necessário levar em conta que a função pulmonar se deteriora com a idade.



Se você é uma pessoa suscetível ao enfisema pulmonar, fumar pode causar uma deterioração do pulmão que é 5 vezes mais rápida. Parar de fumar pode restaurar a função pulmonar dessa rápida deterioração à sua taxa normal após a cessação do tabagismo.



Um médico pode prescrever medicamentos para ajudar a acabar com o vício e também pode recomendar terapias comportamentais, como grupos de apoio. Você terá que encontrar uma abordagem que vai bem com você e que sua função pulmonar e sua qualidade de vida melhoram notavelmente.



Medicamentos broncodilatadores



Estes medicamentos, que abrem mais as vias aéreas e permitem uma melhor troca de ar, são geralmente os primeiros medicamentos que um médico receitará para enfisema. .Em casos muito leves, os broncodilatadores podem ser usados ​​apenas quando necessário, para episódios de dificuldade respiratória.



Medicamentos esteróides



Estes medicamentos diminuem a inflamação no corpo. Eles são usados ​​para essa finalidade no pulmão e em outros lugares e demonstraram ser benéficos para o enfisema. No entanto, nem todas as pessoas responderão à terapia com esteróides. Este medicamento pode ser administrado por via oral ou inalado através de um inalador.



Antibióticos



Estes medicamentos são frequentemente prescritos para pessoas com enfisema que têm dificuldade em respirar. Mesmo quando a radiografia de tórax não mostra pneumonia ou evidência de infecção, as pessoas tratadas com antibióticos tendem a ter episódios mais curtos de dificuldade respiratória. Suspeita-se que a infecção possa ter um papel em um ataque agudo de enfisema, mesmo antes que a infecção se agrave em pneumonia ou bronquite aguda.



Oxigênio



Se você tiver dificuldade para respirar e for ao pronto-socorro de um hospital, muitas vezes recebe oxigênio. Pode até ser necessário administrar oxigênio colocando um tubo na traqueia e permitindo que uma máquina ajude (também chamada de intubação traqueal). Em alguns casos, pode ser necessário receber oxigênio em casa também. Há tanques de oxigênio disponíveis nas unidades domésticas e portáteis que permitem que você seja móvel e participe das atividades diárias normais sem incapacitar muito a pessoa com a condição.



las opciones quirúrgicas están disponibles para algunas personas con enfisema avanzado As opções cirúrgicas estão disponíveis para algumas pessoas com enfisema avançada



O que é a cirurgia enfisema?



As opções cirúrgicas estão disponíveis para alguns pessoas com enfisema avançado. Isso pode ser feito cirurgia pulmonar extracção de redução do volume do pulmão envolvido esta permite uma melhor expansão da parte inferior dos pulmões. Em um grupo seleto de pacientes com enfisema, isso pode melhorar a qualidade de vida por muitos anos.



Outra opção é o transplante de pulmão. Para pessoas com doença mais avançada, o transplante de um ou ambos os pulmões pode curar quase completamente o problema. O transplante traz outro conjunto de riscos e benefícios. As pessoas que se submetem a um transplante, no entanto, devem tomar medicação para evitar a rejeição do transplante pelo organismo. Além disso, nem todas as pessoas são usadas para o transplante, e aquelas que são limitadas pela falta de órgãos disponíveis.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 O enfisema pulmonar pode ser bastante grave quando você o tem, descubra qual é o tratamento. Se você tiver enfisema pulmonar, terá que in...

3 coisas que acontecerão com você se você consumir refrigerantes todos os dias

Descubra o que pode acontecer com você se você é uma das pessoas que consomem refrigerantes todos os dias como algo normal.



O consumo de refrigerantes é regular na dieta de muitas pessoas. Os médicos perceberam que o alto consumo de bebidas carbonatadas com açúcar pertence a essa categoria de comportamentos alimentares que tem sido identificada como uma questão importante a ser abordada na prevenção e tratamento da obesidade e outras doenças relacionadas. . Se você beber refrigerante em suas rotinas diárias, em breve começará a perceber que algumas coisas mudam em sua vida (pior).



el consumo de refrescos es un habitual en la dieta de muchas personas O consumo de refrigerantes é regular na dieta de muitas pessoas



Sua dieta piora



Quando você toma leite, sabe que é rico em proteínas, cálcio, magnésio, fósforo e vitamina A. No entanto, vários estudos indicam que um alto nível de consumo refrigerantes, está associado com uma dieta pobre nas pessoas que os consomem. Se as pessoas bebem refrigerantes regularmente, é mais provável que apresentem deficiências em uma grande quantidade de vitaminas, minerais e fibras alimentares devido a escolhas alimentares inadequadas.



Existem estudos longitudinais para O nível populacional descobriu que o consumo de leite diminuiu com o tempo e que isso foi diretamente correlacionado com um aumento no consumo de refrigerantes. O ideal é reduzir o consumo de refrigerantes para um dia ou a cada dois dias, embora não consuma melhor nenhum tipo de refresco.



A saúde dos seus dentes será afetada



O consumo regular de refrigerantes também tem sido associado à erosão do esmalte e cáries devido ao seu alto teor de açúcar e alta acidez. Em um relatório conjunto da OMS e da FAO em 2003, as evidências indicaram uma relação próxima entre o consumo de refrigerantes e o risco de erosão dentária como provável, enquanto os testes relacionados aos açúcares Os dentes livres que causam cárie dentária foram totalmente convincentes.



O baixo pH dessas bebidas pode levar à erosão da superfície do esmalte, enquanto se acredita que o alto teor de açúcar é metabolizado por microorganismos de placa para gerar ácidos orgânicos que causam a desmineralização levando a cárie dentária



Nesse sentido, é necessário que as pessoas não consumam refrigerantes ou refrigerantes diet para evitar danos aos dentes (e à saúde em geral).



Você aumentará suas chances de desenvolver doenças crônicas



Segundo o estudo Framingham Heart Study of the EE. UU, o consumo de refrigerantes maior ou igual a 350 ml por dia (isso é apenas o consumo de 1 lata) já estava associado com um aumento do risco de obesidade, um aumento do risco de síndrome metabólica, alteração de glicose em jejum, aumento da circunferência da cintura, pressão alta, maior lipoproteína de baixa densidade, mais provável ataque cardíaco e até hipertrigliceridemia (níveis elevados de colesterol).



el bajo ph de estas bebidas puede llevar a la erosión de la superficie del esmalte O baixo pH dessas bebidas pode levar à erosão da superfície do esmalte



Similarmente, o US Nurses Health Study II descobriu que aquelas mulheres que consumiram uma ou mais bebidas adoçadas com açúcar por dia tinham um alto risco de desenvolver diabetes tipo 2 em comparação com aqueles que consumiam menos de uma dessas bebidas por mês.



Tanto o estudo americano do Framingham Heart Study. UU Como o US Nurses Health Study II, eles concordaram que o consumo de refrigerantes maior ou igual a 350 ml por dia pode levar ao desenvolvimento de uma série de doenças cardiovasculares crônicas, como síndrome metabólica ou hipertensão arterial, só para mencionar algumas.



Você precisa de mais razões para parar de consumir refrigerantes em sua dieta diária? A única coisa que vai saciar a sua sede será a água e se você quiser ter uma boa saúde e uma boa dieta, os refrigerantes devem estar fora de sua cesta de compra. Você vai melhorar sua saúde e também sua economia. Os refrigerantes não acrescentam nada de bom à sua saúde!

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 Descubra o que pode acontecer com você se você é uma das pessoas que consomem refrigerantes todos os dias como algo normal. O consumo de ...

Home remédios para lutar com casca de laranja

A celulite é uma condição que afeta 90% das mulheres, descubra alguns remédios caseiros para combatê-la.



Celulite ou casca de laranja é um dos maiores problemas estéticos posou para Mulheres quando o bom tempo chega e é hora de mostrar as pernas. Casca de laranja é o acúmulo de tecido adiposo que normalmente fazer uma aparição em áreas como nádegas, quadris e coxas. É bastante comum, já que 90% das mulheres sofrem com isso, o que ainda é um problema para todas as mulheres que acabam tendo um complexo causado pelo aparecimento da celulite. Embora o mais aconselhável seja aprender a conviver com ele ou não dar-lhe uma grande importância, é verdade que o mais comum é buscar um remédio para combatê-lo.



 la piel de naranja es algo muy común, pero que no todas las mujeres llevan de la mejor manera A casca de laranja é algo muito comum, mas nem todas as mulheres têm a melhor maneira



Remédios caseiros para casca de laranja



Como já dissemos, a casca de laranja é muito comum, mas nem todas as mulheres a usam da melhor maneira. Portanto, aqui deixamos algumas dicas que você pode seguir para combatê-lo sem que isso acarrete uma grande despesa. Estes são remédios caseiros que ajudarão a sua pele nas nádegas, quadris e coxas da maneira que você gosta. É importante que você não seja impaciente, pois não desaparecerá de um dia para o outro. A importância está em ser constante com esses remédios caseiros, já que o desaparecimento da casca de laranja será um fato mais do que um propósito.



1. Mude sua postura



É tão ruim ficar sentado por muito tempo do que ficar de pé. A circulação do sangue através das pernas pode não ser correta, não mudando de posição por mais tempo do que o necessário, o que favorecerá o aparecimento da casca da casca de laranja.



2. Esporte



Mais uma vez, como um dos remédios caseiros que podemos realizar sem envolver um custo é praticar esportes. Você pode recorrer aos esportes mais simples, como caminhar ou correr, mas, dependendo de onde a nossa pele está laranja, o agachamento será um ótimo exercício para combatê-lo.



es igual de malo mantenerse durante mucho tiempo sentado que estar de pie É tão ruim continuar sentado por muito tempo do que ficar



3. Massagem anti-celulite



Não é necessário que você dê a ninguém, você pode fazê-lo sozinho, sem qualquer tipo de problema. Este tipo de massagem são feitos a partir da parte inferior da perna para o abdômen. Para fazer isso, temos que ir por pequenos círculos pressionando a pele. O creme utilizado não precisa ser anti-celulite, simplesmente hidratando-a e ajudar as mãos deslizam facilmente.



4. borras de café



Antes de começar a aplicar, você deve preparar as propriedades da pele que podem fazer o seu trabalho da melhor maneira possível. Para fazer isso, esfregue as partes do corpo em que a celulite apareceu com uma luva de crina de cavalo até adquirir um tom avermelhado. Este é o momento para aplicar os grãos de café através de movimentos circulares por cerca de 10 minutos. Após esse período, limpe a área com água morna e sabão.



5. Beber água



Como dissemos na introdução, a casca de laranja é um tecido adiposo que aparece devido ao acúmulo de gorduras e toxinas. Quando bebemos água, pelo menos dois litros por dia, ajudamos nosso corpo a eliminar essas substâncias. A água é um dos remédios caseiros mais usados, por isso não podemos esquecer o assunto para combater a celulite.



6. Chá verde



O chá verde tem uma função dupla. Primeiro, porque é feito com água, então as boas propriedades que a água tem acrescentam àquelas dessa infusão. Por sua vez, o chá verde e suas propriedades aumentam o gasto metabólico, fazendo com que as gorduras que se acumulam se queimem rapidamente.



7. Reduzir a ingestão de café



O café pode ter boas propriedades para o nosso corpo, mas se tomarmos em quantidades de mais de três xícaras por dia, isso pode ter um efeito negativo. Quando abusamos do café, ele pode causar desidratação e promover o aparecimento do tecido adiposo.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 A celulite é uma condição que afeta 90% das mulheres, descubra alguns remédios caseiros para combatê-la. Celulite ou casca de laranja é u...

Fatores que prejudicam a saúde das gengivas

Se você deseja ter boa saúde da gengiva, descubra alguns fatos que podem prejudicá-la.



A boca é uma das partes mais visíveis do nosso corpo para outras pessoas. Quando uma pessoa olha para nós, geralmente faz isso na cara e dentro dela está o nosso sorriso. Quando temos algum problema oral, é sempre mais visível para o resto das pessoas do que qualquer outro. Além disso, acrescenta a importância de ter uma boa saúde bucal, porque não é a parte do corpo que é mais fácil de substituir.



Por tudo isto, a saúde dos nossos dentes e gengivas é algo muito importante a considerar. Não devemos nos confundir porque, como acabamos de dizer, são difíceis de substituir e, além disso, não são acessíveis a todos os bolsos. Portanto, devemos seguir o conselho dado pelos especialistas a esse respeito e seguir periodicamente as revisões.



la boca es una de las partes de nuestro cuerpo más visible para el resto de personas A boca é uma das partes do nosso corpo mais visíveis para outras pessoas



Fatores que prejudicam a saúde das gengivas



Embora Dissemos que é necessário seguir o conselho de especialistas, sim, é verdade que é conveniente saber que alguns hábitos da nossa vida não são benéficos para a saúde das nossas gengivas. Conhecê-los nos dará a consciência de que não estamos fazendo tudo certo e nos ajudará a resolvê-los o mais rápido possível.



1. Falta de higiene



Embora pareça óbvio, é necessário mencioná-lo. Há muitas pessoas que escovam os dentes acham que é o suficiente e esquecem essa parte da boca. As consequências da falta de higiene provocam o aparecimento de tártaro, placa bacteriana e cáries na boca, afetando diretamente as gengivas. Estes são escovados da mesma forma que os dentes, mas sem aplicar tanta força como eles têm uma maior sensibilidade. O tempo dedicado a estes deve ser o mesmo que os dentes e deve ser limpo duas vezes por dia.



2. Desnutrição



Quando não comemos adequadamente, é quando o nosso corpo tem o que é chamado de desnutrição. Esta pode ser uma das causas do aparecimento da gengivite, isto é, a fase inicial da inflamação das gengivas. Se você não remediar em breve, você pode acabar com uma periodontite. Portanto, você deve fazer uma dieta o mais equilibrada possível, sem abusar dos alimentos que, consumidos em grandes quantidades, podem ser prejudiciais à cavidade oral.



3. Tabaco



Tal como acontece com muitas das infecções que podem aparecer na boca, o tabaco está de volta para trás. Nos casos mais graves, pode afetar a estrutura óssea que mantém os dentes afastados de dar à boca um aspecto que está longe de ser esteticamente atraente. O problema vem de substâncias de tabaco que se acumulam na boca, além da presença de fumaça.



4. Alterações hormonais



Normalmente, problemas de saúde da gengiva podem ocorrer por causa da gravidez, mas qualquer alteração no corpo pode fazer as gengivas sentirem os efeitos. O efeito mais óbvio é o aumento na sensibilidade destes, o que significa que o sangramento pode ocorrer pelo menos o atrito que eles têm.



cualquier tipo de fármaco que se receta puede tener efectos secundarios Qualquer tipo de medicamento prescrito pode ter efeitos colaterais



5. Medicamentos Qualquer tipo de medicamento que é prescrito pode ter efeitos colaterais que devem ser descritos pelo médico prescritor ou no folheto informativo. Portanto, teremos que ir ao médico assim que notarmos que nossas gengivas não estão bem e estamos tomando uma medicação incomum. O especialista ficará encarregado de nos dizer o que fazer.



6. Estresse



Mais do que uma relação direta entre estresse e gengivas, uma relação é estabelecida entre estresse e maus hábitos que são adquiridos por ela. Quando uma pessoa estressada abusa de alimentos açucarados, eles podem fumar e, além disso, beber álcool. A tudo isso, devemos acrescentar que o estresse pode fazer com que você negligencie sua higiene. Portanto, uma mistura de fatores negativos para a saúde da gengiva é feita.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 Se você deseja ter boa saúde da gengiva, descubra alguns fatos que podem prejudicá-la. A boca é uma das partes mais visíveis do nosso cor...

Doença de Hirschsprung

Constipação severa e até infecções bacterianas se desenvolvem com a doença de Hirschsprung. O que é essa doença que pode afetar até mesmo as crianças menores?



É uma doença congênita caracterizada pela ausência de células ganglionares no tecido do intestino grosso. Como essas células não existem, o intestino perde sua capacidade de se mover e excretar as fezes. Está localizado principalmente no reto, mas pode envolver outros pontos ao longo do cólon, incluindo o intestino delgado. É caracterizada por uma alteração da motilidade intestinal manifestada principalmente como obstrução intestinal e constipação crônica. A carga genética desempenha um papel importante e em 70-80% é observada no sexo masculino. Esta condição é também conhecida como megacólon nascimento aganglionic.



Doença de Hirschsprung, também conhecido como megacólon congênito aganglionic



doença de Hirschsprung é o envolvimento do intestino grosso, como resultado de um defeito congênito. Ela se manifesta na idade das crianças. O intestino normal, tem células nervosas, chamadas células ganglionares, responsáveis ​​por transmitir ordens aos músculos do intestino para que, por meio de movimentos peristálticos, movam as fezes para o exterior do corpo.



Em pessoas com doença de Hirschsprung, essas células nervosas não existem, de modo que as fezes não se movem através do intestino, tornando-se estagnadas. Como resultado, constipação grave desenvolve e até mesmo uma infecção bacteriana. Existe a possibilidade de que as células nervosas estejam ausentes apenas em certa parte do intestino grosso, geralmente na seção mais próxima do ânus. Em outras ocasiões, podem estar faltando em grande parte do intestino.



la enfermedad de hirschsprung está presente en 1 de cada 5000 bebés A doença de Hirschsprung está presente em 1 em cada 5000 bebês



A doença de Hirschsprung está presente em 1 em cada 5000 bebês. 70% dos casos são diagnosticados nos primeiros três meses de vida. O diagnóstico é feito através de radiografias abdominais e enemas de bário. Outros métodos diagnósticos incluem biópsia retal, que é útil para corroborar a ausência de células nervosas. E a manometria anorretal, que consiste em inflar um balão no reto que mede a pressão do intestino grosso.



Felizmente, na maioria das crianças, os sintomas melhoram ou desaparecem após a cirurgia. Em uma pequena porcentagem de crianças, pode ser residual, constipação ou incontinência fecal, dificuldade em controlar a expulsão das fezes.



Constipação crônica e outros sintomas de alarme



A maioria dos sintomas nas primeiras semanas de vida, 2/3 nos primeiros 3 meses e os restantes 80% na primeira ano Apenas 10% desenvolvem sintomas entre os 36 e os 14 anos de idade.



Como é um defeito congênito, isto é nascido com esta condição. Os sintomas aparecem na criança ou até mesmo no recém-nascido. O primeiro sinal de alarme, é uma constipação persistente no recém-nascido, traduzida como um atraso na eliminação do mecônio (primeiras fezes dos recém-nascidos, consistência esverdeada e viscosa, composta de muco e bílis) superior a 48 horas com distensão abdominal acentuada e significativa.



Outros sintomas a serem observados são:



- Dificuldade em eliminar o movimento do primeiro intestino entre as primeiras 24 e 48 horas após o nascimento.



- A má absorção intestinal, associando distúrbios de crescimento e desenvolvimento, tais como caquexia, anorexia, hipoproteinemia e anemia.



- baixo ganho de peso



-. O crescimento lento, mais acentuada em crianças entre 0 e 5 anos



-. Inchaço


- vômitos persistentes bilious inexplicável



-. diarreia explosiva aguado, acompanhada de febre, hemorragia digestiva baixa, mal-estar geral e, por vezes, como sinais de sepse enterocolite necrosante. A enterocolite necrosante é uma doença intestinal grave, que surge como resultado da inflamação do tecido do intestino grosso, danos na inflamação e, por vezes, mata o tecido do cólon. Pode causar morte em 30 a 50% dos casos.



Estou grávida, meu filho pode ter a doença de Hirschsprung?



Durante o crescimento e desenvolvimento do feto, as células nervosas eles se desenvolvem, mas no caso de um bebê com doença de Hirschsprung, as células nervosas não crescem ao longo do cólon. Não se sabe a razão pela qual as células param de se desenvolver ou porque o fazem em algumas áreas e não em outras, mas sabe-se com certeza que não tem nada a ver com o que a mãe poderia ter feito. Os números nos dizem que um em cada 5000 bebês são afetados por essa patologia. Qual é, por sua vez, mais comum no sexo masculino, cinco vezes mais frequente.



A doença de Hirschsprung tem um forte caráter hereditário, o que significa que um dos pais pode transmiti-lo à criança. Outro fato mostrado é que crianças com síndrome de Down têm um risco maior de ter a doença de Hirschsprung.



el tratamiento es quirúrgico O tratamento é cirúrgico



Como a síndrome de Down, é mais comum que crianças com outras doenças concomitantes também sofrem doença de Hirschsprung, tais como: hidrocefalia, ânus imperfurado, divertículo de Meckel, agenesia renal e criptorgquidea. Mas o fato é que 70% dos casos de doença de Hirschsprung estão isolados, sem outro motivo associado.



Cirurgia, o método de escolha para o tratamento



O tratamento é cirúrgico. Com a cirurgia, procuramos a remoção do pedaço de intestino que não tem as células ganglionares, chamado de segmento aganglionar, e realizamos uma união, conhecida como anastomose, do segmento normal proximal com o disco reto ou canal anal. O procedimento cirúrgico é indicado assim que o diagnóstico é confirmado. No primeiro trimestre de vida, uma colostomia de alta é realizada e, em uma segunda fase, a seção do cólon afetado é ressecada. Em casos de crianças com mais de três meses, é possível realizar o tratamento cirúrgico definitivo em um único procedimento.



Antes da cirurgia, o paciente deve ser submetido a múltiplos enemas de evacuação, que envolvem um esvaziamento repetido do reto com sondas retais e irrigação. Desta forma, procura-se descomprimir as alças intestinais e prevenir o aparecimento de enterocolite necrosante, uma das mais graves complicações tardias pós-cirúrgicas, que podem aparecer entre 25 a 33% dos casos. A descompressão pode também ser realizada através de um tubo nasogástrico.



Para atingir o estado nutricional adequada para enfrentar a cirurgia e para a recuperação mais eficaz de bypass, subsequentemente, ileostomia e nutrição parenteral (intravenosa ) desempenham um papel importante no tratamento inicial da situação.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 Constipação severa e até infecções bacterianas se desenvolvem com a doença de Hirschsprung. O que é essa doença que pode afetar até mesmo as...

O que é o vaginismo?

O vaginismo é um espasmo ou contração involuntária dos músculos internos da vagina da mulher, fazendo com que ela se feche e a prática sexual não seja possível. Você quer saber mais? Continue lendo



O vaginismo, como definido pela RAE (Real Academia Espanhola) é um espasmo ou contração involuntária dos músculos dentro da vagina da mulher, causando-lo para fechar e difícil ou mesmo impossível, prática sexual dele, qualquer exame médico exigido pela introdução de um aparelho ou até mesmo usar tampões quando encontrado durante a menstruação, principalmente por causa da dor que provoca para as mulheres.



No que diz respeito à saúde, é uma anomalia que ocorre com muita frequência, na verdade, é o problema de saúde da mulher que ocorre mais comumente acima do resto doenças ou anormalidades na saúde, especialmente em mulheres entre 25 e 35 anos. As causas são muito variadas e não exatas porque o vaginismo não é produzido por um fato em questão, mas por diferentes possibilidades que podem ou não derivar em um vaginismo. Os médicos especializados no campo, especificamente os ginecologistas, acreditam que o vaginismo ocorre com mais motivos para problemas psicológicos do que eventos físicos ou doenças secundárias.





Algumas das causas mais comuns de saúde que resultam em vaginismo são stress, trauma sexual ou uma má experiência que provoca a rejeição em mulheres quando a prática sexual, dor física, especialmente interna, que faz com que os músculos se contraem como proteção ou algum outro problema psicológico, embora não necessariamente sexual, que deriva como um efeito secundário no referido vaginismo.



Sintomas do vaginismo



Um dos problemas de saúde do vaginismo, além do próprio, é que a mulher é condicionada e sugere que ela não pode ter relações sexuais ou que dói e Isso faz com que a situação piore, não lubrifique normalmente e até mesmo contraia os músculos da vagina.



Esta situação provoca uma série de sintomas que geralmente tendem a ser dor no momento da relação sexual, dificultando ou até mesmo fazendo com que eles não sejam capazes de tê-los em sua totalidade e / ou dor satisfatória e vaginal, desconforto e até sensação de queimação no interior, embora nada disso esteja acontecendo. A realidade é que esses sintomas muito gerais podem causar o vaginismo, mas não são necessariamente sintomas diretos dele, já que, como indiquei anteriormente, o vaginismo é produzido mais por problemas psicológicos do que físicos ou de saúde.



Tratamento para vaginismo



O problema do tratamento para o vaginismo é que, não havendo razão real para sustentá-lo, sua cura se torna um processo lento e oneroso (em termos de eficácia do tratamento). Para que o processo seja o mais completo possível, deve ser contado no tratamento com um ginecologista, um psicólogo e um conselheiro ou terapeuta sexual. Cada um deles terá uma missão específica que, em sua totalidade, alcançará a cura total do problema de saúde da mulher.



Para começar o tratamento, e pelo médico especialista em ginecologia, deve realizar os testes relevantes para descartar que é qualquer anormalidade interna (lesões, infecções...) que são a causa da dor ou coceira na vagina da mulher e que isso leva ao espasmo do músculo. Uma vez que essas opções sejam descartadas (na maioria dos casos, elas geralmente não são a causa do vaginismo), o ginecologista começará a realizar uma série de exercícios vaginais com o paciente, para gradualmente começar a se dilatar novamente. músculos Alguns destes exercícios, o mais comum deles é a introdução de dilatadores de plástico no interior da vagina, no início muito pouco a pouco, para posteriormente introduzir o dilatador completo. O exercício é simples, o dilatador é inserido e a mulher deve contrair e relaxar o músculo, e assim por diante, enquanto o médico determinar.



el vaginismo puede aparecer en cualquier momento vaginismo pode ocorrer a qualquer momento



Psicólogo, por sua vez, deve tratar o paciente para saber o que razão é que ele tem, aparentemente causada vaginismo Conhecer a causa do problema é uma parte fundamental da recuperação e tratamento que a mulher realiza desde que, embora o vaginismo possa ser resolvido, se não for dado com a causa que o causa, ele pode reaparecer em questão de tempo. O terapeuta sexual ou o conselheiro do casal, por outro lado, devem realizar exercícios como casal e discutir seus problemas com o paciente e seu parceiro amoroso (se tiverem um), para que também saibam lidar com a situação, já que é também uma parte fundamental do processo de recuperação.



Previsão do tratamento



Embora como mencionei anteriormente, o vaginismo é um problema de saúde da mulher que, mesmo se curado, pode reaparecer a qualquer momento, a realidade mais provável é que uma vez curado em sua primeira aparição, o segundo torna-se mais difícil de ser descoberto ou o paciente já sabe como controlá-lo e como tratar o problema sem a necessidade de nenhum especialista.



Os tratamentos do vaginismo são 90% bem sucedidos nos casos em que a mulher é colocada nas mãos dos especialistas acima mencionados. Além disso, quando a incerteza e o medo ocorrem pela primeira vez, eles fazem com que sua cura seja mais lenta e, até mesmo, que o vaginismo se torne mais agudo. Em casos posteriores (se houver), a mulher que já controla a situação e sabe que nada está acontecendo, coloca uma solução rápida e não dura tanto quanto no primeiro caso.



Em qualquer caso, se você notar algum desconforto, insegurança na prática sexual ou anomalia que esteja causando suas relações sexuais não forem satisfatórias, que produz dor interna, procure o médico especialista o mais rápido possível. Este tipo de doenças é mais conveniente do que o tratamento realizado na base da doença, se o tratamento se tornar muito agudo e a cicatrização subsequente se prolongar com o tempo.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 O vaginismo é um espasmo ou contração involuntária dos músculos internos da vagina da mulher, fazendo com que ela se feche e a prática sexua...

Dicas para evitar um aborto espontâneo

Você pode diminuir suas chances ou evitar um aborto espontâneo? Em Bekia Salud nós lhes dizemos.



Um aborto ou espontâneo é caracterizado por não ter uma causa intencional. Por esse motivo, às vezes, é difícil evitar. No entanto, você pode tentar diminuir as chances do que acontece seguindo uma série de dicas para ter uma gravidez o mais saudável possível, mesmo planejando-a.





Existem fatores de risco associados a sofrer um aborto espontâneo, agindo sobre eles reduz as chances. assistência pré-natal, cuidar da sua saúde, alimentação saudável ou evitar a exposição a fatores ambientais, como radiação, álcool ou drogas, pode ajudar a prevenir o aborto. De qualquer forma, há casos de aborto em que apesar de seguir todas as indicações médicas não foi capaz de evitar. Nenhuma mulher está livre para sofrer um ou vários abortos espontâneos, não que eles tenham feito algo de errado, o corpo rejeita o embrião sem que haja algo que possa ser feito para preveni-lo. Mesmo assim, seguir estas dicas pode ajudá-lo a evitar que isso aconteça.



O que é e o que pode desencadear



O aborto espontâneo, como também é conhecido, ocorre antes da 20ª semana de gestação, ou seja, quando o feto Não tem capacidade para sobreviver fora do útero materno. Além dessa semana, é chamado de parto prematuro. Estima-se que uma em cada cinco gravidezes termine em aborto espontâneo, o que acontece é que às vezes passa despercebido porque até a mãe não sabe que está grávida e se confunde com o sangramento menstrual.



Existe uma chance de 15 a 20% de ocorrência de aborto espontâneo em todas as gestações. As causas são multifatoriais. Por um lado estão as casas fetais, principalmente alterações cromossômicas e anomalias congênitas que afetam o feto. Entre as causas maternas incluem-se: alterações no útero, infecções, doenças endócrinas ou hormonais, desnutrição, problemas de coagulação ou imunologia, toxoplasmose, rubéola, doenças renais, estilo de vida, implantação fetal, estresse, idade materna...



Cuidado pré-natal, o que fazer antes de eu engravidar?



Antes de engravidar, já no momento do planejamento, preparar adequadamente o nosso corpo é uma boa maneira de prevenir aborto espontâneo e possíveis complicações futuras. Isso é chamado de pré-natal.



- realização de uma pré-análise é fundamental para conhecer a nossa saúde. Assim descobrimos se sofrermos alguma infecção ginecológica ou doença sexualmente transmissível. Não tratar qualquer uma dessas condições aumenta o risco de aborto espontâneo.



- verificação ginecológico para verificar ou excluir qualquer patologia que pode favorecer o aborto



-. Conhecendo o seu estado de saúde atual, especialmente se você sofre qualquer alteração ou patologia subjacente. Algumas doenças imunológicas, alterações na coagulação, problemas endócrinos ou renais, hipertensão, epilepsia, obesidade e diabetes, entre outras, predispõem a mulher a sofrer um aborto se não houver um bom controle da patologia crônica.



- Conheça o seu histórico de vacinação. Algumas doenças podem aumentar as chances de ter um aborto espontâneo, por sorte a vacinação é suficiente para evitá-las. Mas é aconselhável que a vacinação seja antes da gravidez.



- Reduzir o consumo de estimulantes, como o café, que altera os níveis hormonais. Eliminar o consumo de álcool, tabaco e outras drogas.



- Siga uma dieta saudável e equilibrada. Existem alimentos que favorecem a fertilidade como o peixe rico em ômega 3, reduz o consumo de carne vermelha, aumenta o consumo de frutas e vegetais, reduz a ingestão de açúcar e bebidas açucaradas, boa hidratação... E muito importante consumir alimentos ricos em ácido fólico a partir de um par de meses antes da gravidez, irá ajudá-lo a prevenir malformações congênitas no bebê.



- Se você teve mais de dois abortos consecutivos, peça a um especialista para realizar os testes necessários antes de engravidar novamente. Identificar as possíveis causas e tratá-las antes da próxima gravidez aumenta as chances de sucesso.



Como evitar aborto durante a gravidez?



As recomendações da seção anterior ainda são válidas. Mas veremos algumas outras dicas que podem ajudar você a evitar um aborto quando souber que está grávida.



- Realize exercícios físicos regularmente. Eles devem ser atividades suaves e adaptadas à sua condição física e ao seu estado de gravidez. Esportes radicais podem aumentar o risco de ter um aborto espontâneo, bem como exercícios de contato ou impacto. Andar a cavalo, andebol, voleibol, ténis, padel, esqui... são desportos que devem ser evitados.



- Realiza a higiene íntima adequada para prevenir infecções vaginais que podem desencadear um aborto espontâneo.



- Cuidado com toxoplasmose e listeria, essas infecções aumentam o risco de aborto espontâneo. Evite carne crua, salsichas e produtos defumados, laticínios não pasteurizados e cuidado com os gatos, especialmente com as fezes.



- Cuidado com a radiação e o contato com substâncias tóxicas. Se você tiver que passar por qualquer exame médico que inclua radiação, avise seu médico sobre sua gravidez. Também evita o contato com substâncias como chumbo, arsênico, formaldeído, benzeno e óxido de etileno.



- Cuidado com o consumo de café, não mais do que duas xícaras por dia.



- Realiza exames ginecológicos de maneira apropriada, para acompanhar a gravidez correta. Vá ao seu médico para quaisquer sinais ou sintomas de alarme, tais como sangramento, dor abdominal, contrações dolorosas, perda de peso, coágulos... Não tome qualquer medicação que não é prescrita por um médico.



- Assista seu peso e siga uma dieta saudável e equilibrada. Tente manter os níveis de glicose no sangue e pressão arterial dentro dos limites adequados.



Tente levar uma vida normal, mas reduza seu nível de estresse. Não é necessário que você faça um descanso absoluto, nem que mude sua vida habitual, mas tente adaptá-lo ao seu novo estado. Não carregue peso excessivo ou excesso de esforço. Também não é necessário parar de trabalhar, mas você deve reduzir o ritmo se o seu trabalho for muito estressante ou se submeter ao estresse físico ou mental. Procure por técnicas que ajudem a aliviar o estresse ou permitir momentos de relaxamento. Yoga, meditação, exercícios respiratórios, técnicas de relaxamento, aromaterapia...



Tente manter um bom padrão de sono que permita descansar e recuperar energia. É normal estar mais cansado do que o normal, dormir o quanto for necessário ou pelo menos oito horas por dia.



Saúde emocional: não é culpa de ninguém



A saúde emocional tem uma relação direta com a nossa saúde física. Assim como você cuida da sua saúde física, é importante que você também cuide das suas emoções.



la naturaleza es sabia y a veces las cosas pasan sin que podamos evitarlas A natureza é sábia e às vezes as coisas acontecem sem que pudéssemos evitá-las



Às vezes, apesar de seguir todas as indicações, o aborto ocorre, não não é culpa de ninguém e menos de você. A natureza é sábia e às vezes as coisas acontecem sem que possamos evitá-las. Não parece culpado. É normal que os futuros pais passem por todas ou algumas fases de luto após um aborto. Isso irá ajudá-lo, mas você deve ter em mente que você pode não viver da mesma maneira, que a dor é expressa de maneira diferente e que cada um tem um ritmo diferente. O mais importante é procurar ajuda no meio ambiente, no casal, na família e nos amigos para superá-lo, caso contrário é possível que na próxima gravidez você sinta ansiedade, medo, angústia, estresse... que não beneficia sua saúde emocional.



Se você sofreu um aborto anterior tente manter uma atitude positiva, tente relaxar, não precisa passar novamente e você não tem mais chances de ter outro aborto se você já teve um antes. Pode até acontecer depois de ter um filho anterior sem problemas. Se o medo da mesma coisa acontecer for muito forte, tente esperar para encontrar outra gravidez até que esteja bem emocional e fisicamente.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 Você pode diminuir suas chances ou evitar um aborto espontâneo? Em Bekia Salud nós lhes dizemos. Um aborto ou espontâneo é caracterizado ...

O que fazer se você não gosta de feriados

Se você não gosta de feriados ou dias livres e não sabe o que fazer para se sair bem, descubra essas dicas para começar a gostar mais delas.



A maioria das pessoas aproveita dias úteis, mas Ele aguarda ansiosamente pela chegada do fim de semana e feriados, já que é naqueles dias em que eles podem fazer as coisas que mais gostam, como sair com os amigos, passar tempo com o casal, ir comer, viagem ou para dançar, ou simplesmente ficar em casa descansando, talvez assistindo a uma série ou dormindo se eles tiveram que acordar cedo o resto dos dias.



No entanto, não somos todos iguais, então também há muitas pessoas que não gostam de feriados. Provavelmente são pessoas que gostam de seguir uma rotina e o fato de ir trabalhar também não envolve um fardo. Talvez não seja por qualquer uma dessas duas razões que você não gosta de feriados e sim pelo fato de ter que ir a festas familiares ou decorar a casa de uma maneira especial, mudando seu dia a dia e fazendo essas coisas que você pode que você não gosta tanto deles





De qualquer forma, essas pessoas que não gostam dos feriados são susceptíveis de ser ter que celebrar como todos os outros, então eles devem aprender a saber como para apreciá-los, ou pelo menos colocar-se com eles, de modo que vai torná-lo mais agradável possível.



Descubra o que você pode fazer se você não gosta de feriados ou datas especiais, para que você possa apreciá-los, tanto quanto possível, em seguida, voltar ao normal como sempre.



Você não precisa comemorar em casa



Há muitos feriados que foram adaptados de outras culturas, como o Halloween ou o dia dos mortos. Embora todos estejam comemorando, isso não significa que você também deve decorar sua casa e cozinhar todas as receitas que podem ser realizadas durante este dia.



Portanto, é provável que seus amigos ou familiares desejem celebrar esses feriados, mas se eles não morarem com você, você é livre para escolher se deseja celebrar este feriado ou não. Decidir como decorar a casa, se você quiser, e se você quiser que as pessoas venham até ela para comer ou continuar com a celebração. No entanto, a celebração pode não acontecer em sua própria casa, se você quiser, e você deve ir para a casa de outra pessoa, então dependerá de você e do relacionamento que você tem com eles para decidir se você quer ir ou não. Lembre-se que você deve sempre fazer o que quiser, contanto que você não machuque os outros, então você deve conversar com seus amigos e familiares se você não quiser celebrar este feriado e contando suas razões, que certamente incluem e respeito.



Celebrações importantes que você não pode perder



Em algumas ocasiões é provável que você não possa deixar de participar das celebrações desses feriados, já que serão datas muito importantes para as pessoas que amam você, como o Natal ou a Páscoa. Então, essas pessoas que não gostam das férias devem fazer um esforço para agradar a sua família e amigos, embora isso não signifique que eles vão ter um dia ruim, já que o que eles podem fazer é tentar passar o melhor caminho possível. Isso significa que você deve, talvez, sentar-se ao lado daquelas pessoas com quem você tem um relacionamento melhor para aproveitar a noite, evitar comer alimentos pesados ​​se não quiser que o estômago lhes cause desconforto posterior e não exagerar no álcool



Se a celebração da família em si é o que você menos gosta, você pode fazer planos depois de sair com seu parceiro ou com seus amigos. Desta forma, você só terá que estar presente durante a refeição, algo que os parentes irão valorizar muito mais do que o fato de que eles não estavam presentes, e então eles poderão ter um bom tempo celebrando o feriado com aquelas pessoas que o amam igualmente, mas uma forma que para quem não gosta de férias não é tão pesado. Em algumas ocasiões é provável que você não possa parar de ir às comemorações desses feriados. você gosta dos feriados para a celebração, talvez você possa encontrar uma atividade que você goste e realizá-la naquele dia. Em determinadas datas, como o Natal, todas as lojas podem estar fechadas, mas nem sempre é esse o caso durante as férias. Além disso, há muitas atividades que você pode fazer ao ar livre, como a maioria dos esportes ou ir ao cinema com alguém especial, ou em casa fazendo doces ou assistindo suas séries favoritas.



Então, procure a maneira mais apropriada de aproveitar suas férias e não hesite em passar um tempo maravilhoso com as pessoas que mais ama, a fim de tornar este dia especial como você merece.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 Se você não gosta de feriados ou dias livres e não sabe o que fazer para se sair bem, descubra essas dicas para começar a gostar mais delas....

Reduzir os efeitos da osteoporose após a menopausa

A osteoporose é uma das consequências mais temidas da menopausa.



A osteoporose é uma doença que está relacionada com pessoas idosas e, no caso das mulheres, geralmente com aquelas que passaram pela menopausa. Este novo ciclo feminino traz inúmeras mudanças para o corpo da mulher, derivadas da diminuição da produção de estrogênio, o que aumenta algumas debilitações.




Tópicos relacionados



  • Qual é o melhor tratamento para a osteoporose

  • Quais são os sintomas da osteoporose

  • O que é osteoporose e o que podemos fazer com ela?


Em Bekia, já lhe falamos sobre algumas das conseqüências para os homens que estão passando pela menopausa. Hoje, vamos olhar para aquele que afeta os ossos e como a osteoporose pode ser impedida de cobrar seu preço quando esse momento da vida é atingido.





A relação entre a osteoporose ea menopausa



Para descobrir a relação entre osteoporose e menopausa, vamos primeiro olhar para o que esta doença consiste. É uma condição que enfraquece os ossos e força para fazer isso pode resultar em lesões e doenças que são geralmente nos braços ou quadris. até que a dor não será encontrado sem outros sintomas que permitirá identificá-lo, por isso é importante para evitar.



O enfraquecimento dos ossos é causado por um aumento na perda de massa e força óssea. Estas fraquezas podem ser devidas a uma diminuição na produção de estrogênio, que por sua vez leva à menopausa, por isso está relacionada à osteoporose.



Existem muitas outras razões pelas quais alguém pode sofrer o enfraquecimento dos ossos. O mais óbvio é a falta de cálcio no corpo que pode fazer com que fiquem porosos e acabam causando lesões. No entanto, não é totalmente claro por que uma pessoa sofre de osteoporose e outra, com a mesma dieta e condições físicas, não. Por isso insistimos que é importante para tentar prevenir a sua ocorrência, tanto quanto possível.



A doença que afeta mais mulheres



Outro feito nada encorajador é que uma mulher tem quatro vezes mais probabilidade de ter osteoporose do que um homem. Por quê? Basicamente por dois motivos generalizados. Uma é que os ossos femininos são mais finos e, portanto, mais fracos, em qualquer situação sofrem mais que os dos homens. Nesse sentido, a coisa normal é que uma mulher magra tem ossos mais finos do que outra que é menor, então também pode afetar mais fortemente a osteoporose.



A outra razão é que a esperança da vida feminina é maior do que o masculino, por isso é mais comum que uma idade atinja mais mulheres do que homens. Além de tudo isso, há algo que pode nos fazer pensar que podemos sofrer com essa doença óssea e tentar impedir sua aparência há muito tempo. É a herança genética. Se nossos pais ou avós tiveram isso, estamos mais propensos a sofrer de enfraquecimento dos ossos.



Medidas para prevenir a osteoporose



Uma vez que sabemos o que é a doença e quais pessoas podem ter mais Correndo o risco de sofrer, começaremos a ver o que podemos fazer para tentar impedir sua aparência o máximo possível. É melhor servir estas dicas simples antes de descobrir que têm osteoporose a lesão.



una densiometría puede determinar si estamos perdiendo masa ósea y, por tanto, tener osteoporosis A densitometria pode determinar se você está perdendo massa óssea e, assim, , osteoporose



já discutimos em outros artigos que o alimento é essencial para enfrentar as mudanças que vão sofrer o corpo feminino associado com a menopausa. Você acha que, neste caso, não seria importante? O oposto. Cuide da sua dieta, dando especial atenção aos produtos ricos em cálcio e vitamina D. Se você não a consome em alimentos para rejeição de produtos lácteos, por exemplo, não hesite em consultar seu médico ou farmacêutico para recomendar um suplemento vitamínico.



A atividade física é importante para manter nossos ossos em bom estado. É aconselhável estar ativo, mas isso não significa que, estando conscientes de que entramos na menopausa, ficamos loucos para nos exercitar. Isto é, até mesmo prejudicial. Comece gradualmente no exercício para evitar lesões.



É melhor apostar inicialmente em exercícios leves, como ir passear e consultar um preparador físico se quisermos aumentar a atividade. Atenção especial deve ser dada aos ferimentos antigos e até mesmo usar protetores que evitem lesões. Em consonância com essa promoção de vida saudável, recomenda-se reduzir o máximo possível o consumo de álcool, tabaco e cafeína.



Também é importante evitar quedas, que terão um impacto extremo em nossos ossos. É claro que você não pode fazer nada contra acidentes, mas se você tentar impedir que eles ocorram. Portanto, o mais aconselhável é não executar atividades de risco



Densitometria para saber a densidade



No campo da medicina, especialmente quando você é uma pessoa em risco de sofrendo de osteoporose como visto acima, é aconselhável realizar densitometrias de vez em quando. Este é um teste que determina a densidade do osso, o que nos permite saber se a osteoporose está presente ou se está em seus estágios iniciais.



Tal como acontece com quase todas as doenças, um diagnóstico atempado permitirá que você obtenha o tratamento o mais rapidamente possível e diminua o seu progresso ou, pelo menos, alivie a dor que resulta dele. Isso acontece, principalmente, por um tratamento farmacológico.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 A osteoporose é uma das consequências mais temidas da menopausa. A osteoporose é uma doença que está relacionada com pessoas idosas e, no...

O que é neurose obsessiva?

Muitas pessoas sofrem de neurose obsessiva, mas nem todos sabem exatamente o que é.



Anteriormente, havia uma conversa de neurose obsessiva no que é hoje muitas vezes transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Esse nome veio da psicanálise e acabou caindo em desuso. Referia-se a um distúrbio no sistema nervoso sem uma causa objetivamente identificada. As principais características que marcaram a neurose obsessiva da psicose é que a pessoa está consciente de que ele tem um problema e reconhecê-lo. Mas não sei como lidar, como pará-lo.





O que são eles? Obsessivos neuroses são obsessões irracionais, exageradas e repetitivas que reconheceram a pessoa e não fazer nada para evitá-los. são irritantes e o paciente quer para removê-los, mas não tem sucesso em suas tentativas. Embora a maioria das pessoas fale sobre as neuroses obsessivas como se fossem sinônimo de TOC, elas são diferentes. Neuroses seria principalmente referências a esses pensamentos repetitivos e intrusivos que podem aparecer em uma ampla gama de doenças (não apenas no TOC), especialmente aqueles que se inserem os chamados transtornos de ansiedade. Por outro lado, transtorno obsessivo-compulsivo, além de obsessões que sofrem, a pessoa também executa compulsões, a fim de eliminar a ansiedade e angústia sofrimento através de um ato que se repete, como se fosse um ritual. Embora a pessoa reconheça que suas compulsões não são normais, elas não podem fazer nada para evitá-las. Em conclusão, ambos são incapacitantes e um fardo para a vida da pessoa. Eles geralmente se juntam, então nos manuais de diagnóstico eles são geralmente considerados apenas como transtorno obsessivo-compulsivo. Sintomas da neurose obsessivo-compulsiva

uma ou várias obsessões sistemáticas que angustiam o paciente e tentam suprimir sem sucesso. As obsessões podem ser distinguidas em três tipos de acordo com seu conteúdo.



- Obsessões relacionadas a fobias ou medos de certas coisas. Dentro desta categoria, obsessões por doença ou contaminação são típicas.


- Obsessividade compulsiva. Neles a pessoa tem medo de realizar algum tipo de ação que considere imoral ou que vá contra os seus princípios. Por exemplo, uma pessoa muito católica pode ter medo de praticar atos sexuais ou uma mãe pode ter medo de atacar seus filhos.



- Objeção Ilícita. A pessoa é continuamente rondándole idéias do tipo intelectual, dúvidas sobre a existência, religiosidade, o sentido da vida, etc.



2) Aparição de compulsões com o objetivo de tentar aliviar ou eliminar as obsessões que você tem. Essas compulsões são atos físicos ou mentais repetitivos que fazem quando a obsessão que gera ansiedade, também pode ser impedir sua aparição quando a pessoa suspeita que há algo que poderia desencadear a obsessão.



Normalmente, as compulsões tendem a ser externalizadas para verificar as coisas continuamente (deixei o gás ligado? Eu fiz o nó bem? Eu tenho as chaves?). Eles também podem estar contando rituais que têm a ver com o chamado "pensamento mágico" , isto é, conectar duas coisas que não estão relacionadas e que não têm nada a ver uma com a outra, no entanto, a pessoa faz isso da mesma forma. Por exemplo, conte até 25 antes de passar por baixo de uma porta ou repetir uma recitação interior.



3) Essas obsessões e compulsões são reconhecidas pelo paciente como irritantes e ele gostaria de se livrar delas, mas ele não pode evitá-las, causando uma deterioração significativa na vida da pessoa. Além disso, passe pelo menos uma hora por dia com esses pensamentos e comportamentos. Nem produzem qualquer tipo de satisfação que não seja um pequeno alívio momentâneo de ansiedade.



4) Finalmente, os sintomas do transtorno obsessivo-compulsivo não podem ser melhor explicados pela presença de outra doença ou transtorno, embora no caso de neurose se possa aparecer separadamente mas com o tempo a maioria acaba se tornando OCD.



Qual é a causa?



Não se sabe com certeza, mas as teorias atuais argumentam que é uma mistura de fatores biológicos e psicodinâmico Assim, vários estudos dizem que há uma predisposição biológica que consiste em anormalidades nos gânglios da base e menor concentração de substância cinzenta em algumas reviravoltas cerebrais. Por outro lado, fatores psicossociais também influenciam a aparência e a evolução do distúrbio. O tratamento da neurose obsessiva é praticamente o mesmo que para o TOC e > Existem muitas abordagens para tratá-lo. O escolhido dependerá do peso das compulsões e obsessões no paciente. Por exemplo, se as obsessões incapacitantes predominam na pessoa, a medicação e a terapia cognitivo-comportamental serão úteis, mas outra pessoa que tenha uma predominância de rituais pode se beneficiar da terapia comportamental. De qualquer forma, tem que ser o psiquiatra ou o psicólogo que determina a terapia no momento de fazer o diagnóstico. A seguir deixamos as terapias de escolha para o TOC, elas podem ser combinadas dependendo do caso.



tiene que ser el psiquiatra o el psicólogo el que determine la terapia a la hora de hacerle el diagnóstico Deve ser o psiquiatra ou o psicólogo que determina a terapia no momento de fazer o diagnóstico



- Psicofármacos. O mais amplamente utilizado por excelência é a clomipramina, um antidepressivo tricíclico que influencia o neurotransmissor serotonina. Com a sua tomada, 80% dos pacientes geralmente notam melhora, embora não na mesma medida para todos.



Psicoterapia comportamental, especificamente a exposição com prevenção de respostas. Altamente eficaz para pessoas com compulsões. A lógica é que o paciente é exposto ao estímulo / situação que gera ansiedade, mas então ele é impedido de fazer o ritual que o alivia com ajuda terapêutica. No início, o paciente imagina a exposição para se expor no futuro. Também começamos com estímulos fracos e, à medida que melhoram, passamos para os mais ansiogênicos. É uma terapia muito bem-sucedida e de longo prazo quando é completada, mas para isso você precisa de muita motivação no paciente, que reconhece seu problema e quer terminá-lo, e obviamente um psicólogo qualificado.



Terapia Cognitiva. Neste tipo de terapia é baseado na ideia de que as preocupações irracionais e idéias que a pessoa tem não são o problema em si (uma vez que todos podemos experimentá-los de vez em quando), se não a avaliação que lhes é atribuída, acreditando que eles são verdadeiros.



Finalmente, se você se sentir identificado com os sintomas e suspeita que você tem obsessões continuamente ir a um psicólogo que pode orientá-lo e enviá-lo a um psiquiatra, se ele vê necessário, como nem todos os casos de necessidade OCD de psicotrópicos.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 Muitas pessoas sofrem de neurose obsessiva, mas nem todos sabem exatamente o que é. Anteriormente, havia uma conversa de neurose obsessiv...

Como tomar mais proteína para perder peso

Proteínas podem ser seus grandes aliados para perder peso, sim... você tem que saber o que comer e quanto!



Alguns dieters evitam proteínas porque muitos alimentos ricos em As proteínas são ricas em gordura e calorias. Mas existem maneiras saudáveis ​​de obter proteína em sua dieta e ainda perder peso. Você só precisa saber quais são as proteínas corretas e quanto você deve consumir para ter uma boa dieta e perder peso.



A proteína ajudará a perder peso?



Normalmente, os dietistas acham que precisam passar fome para consegui-lo, mas na realidade não precisa ser assim. Se você ingerir mais proteína, não precisará passar fome para perder peso. Boas fontes de proteína magra podem ajudá-lo a se sentir satisfeito durante o dia para ajudar a controlar os desejos que você pode ter no momento quer perder peso.



As proteínas não apenas melhoram a saciedade, a sensação de saciedade, mas também a proteína magra ajuda a estabilizar o açúcar no sangue, fornece suporte imunológico e ajuda a manter um metabolismo saudável. Então, como você obtém proteína suficiente para perder peso? Cada refeição deve ter proteína. Se você não sabe como fazê-lo, continue a ler.



Como comer mais proteína e perder peso



Cozinhe na grelha



Uma das razões mais comuns pelas quais as pessoas não consomem mais proteína é que é muito difícil de preparar. Na verdade, isso não tem que ser assim e a carne pode ser aquecida e comer bem de uma maneira fácil e saudável, sem a necessidade de muito óleo ou fritangas. Cozinhar na grelha é uma boa maneira de preparar comida sem muita gordura.



Não perca o ovo



O ovo também é uma ótima fonte de proteína para que você possa cozinhá-lo muitas maneiras diferentes. Você pode fazer tortilhas saudáveis, ensinadas com ovos, tomate com atum e ovo... Além disso, você pode adicionar claras cozidas a outros alimentos que você normalmente não faria. Você pode usar ovos (mexidos) em pratos de vegetais, como saladas, feijões ou tomates com legumes. Clara de ovo tem muito pouco sabor, então você pode adicioná-los a quase tudo sem alterar o sabor do prato.



Vegetais com proteína



Escolha vegetais com proteína para sua dieta. Em geral, fontes animais têm mais proteínas do que fontes vegetais. Mas isso não significa que o conteúdo de proteína nos vegetais não possa contribuir para sua dieta. Alguns vegetais são melhores que outros para perder peso. Boas fontes vegetais de proteína incluem brócolis, espinafre, couve, couve-flor e aspargos. Algumas frutas contêm proteínas. Uma banana, por exemplo, pode conter até 2 gramas do nutriente.





Legumes



Se você não costuma comer carne, então uma ótima fonte de proteína é a leguminosas. Um copo de feijão tem 14 gramas de proteína é mais do que é um peito de frango. Se você também combinar o feijão com vegetais ricos em proteínas, então, um prato cheio de proteína.



Os noves também são bons petiscos, porque eles são fáceis de comer e pode tomar em toda parte. Você só tem que escolher boas escolhas (melhor comprar natural).



Proteínas na sobremesa



Proteínas também podem ser tomadas na sobremesa. Mesmo se você não acredita, sobremesas saudáveis ​​também podem ter proteína. Um iogurte com baixo teor de gordura e frutas é um bom exemplo a ser tomado. O iogurte de estilo grego tende a ter mais proteína, mas lembre-se de comer esse iogurte com moderação (tanto congelados como refrigerados) Algumas das marcas e sabores contêm açúcar suficiente.



Agora você sabe como ingerir mais proteína em sua dieta e também começar a perder os quilos extras. Você pode perder peso sem passar fome e com alimentos ricos e nutritivos para sua saúde!

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 Proteínas podem ser seus grandes aliados para perder peso, sim... você tem que saber o que comer e quanto! Alguns dieters evitam proteína...

Por que a Inteligência Emocional é boa para sua saúde?

Sentir-se bem emocionalmente é necessário ter melhor saúde diária. Descubra por que EI pode influenciar positivamente sua vida.



Sentir-se bem emocionalmente é algo que qualquer um persegue, porque o próprio estado emocional pode influenciar campos tão importantes quanto saúde ou relacionamentos com outras pessoas. Neste caso, vou falar com você de uma maneira mais específica sobre essa inteligência e como eles vão influenciar de forma positiva algo tão importante quanto a saúde. A inteligência emocional trará muitos benefícios em diferentes campos da vida. O que é inteligência emocional pode trazer inteligência emocional ao corpo e à saúde, é preferível referir-se ao próprio conceito e comentário que pode ser entendido pela inteligência emocional.



A inteligência emocional nada mais é do que a capacidade de qualquer pessoa de gerenciar e controlar seus próprios sentimentos e os dos outros. As pessoas que possuem uma inteligência emocional razoavelmente alta são bastante criativas e têm uma ótima facilidade quando se trata de interagir com outras pessoas.



Quais são os benefícios da inteligência emocional



A inteligência emocional trará muitos benefícios em diferentes campos da vida. Desta forma, no local de trabalho, uma pessoa com alta inteligência emocional se sentirá muito motivada quando trabalhar; aumentará sua confiança e auto-estima e terá uma grande capacidade de trabalho em conjunto. No campo acadêmico, a inteligência emocional ajuda os jovens a se apresentarem de maneira notável em seus estudos e a se sentirem muito motivados quando vão à escola.



No entanto, os maiores benefícios da inteligência emocional são dados. no campo da saúde. Altos níveis de IE podem ajudar uma determinada pessoa a lidar melhor com uma doença. Se a pessoa sofre altos níveis de estresse ou ansiedade, o EI pode ajudar a controlá-la perfeitamente, favorecendo um estilo de vida muito mais saudável.



Como aprimorar essa inteligência emocional



Com uma série de dicas e orientações, você pode ser emocionalmente inteligente.



- Primeiro deve saber reconhecer próprios sentimentos e os dos outros. Para isto é preciso mostrar atenção às expressões faciais e gestos diferentes.



Não deve conhecer e compreender as diferentes emoções por que eles ocorrem.



Ele deve assimilar as emoções de Desta forma, temos um raciocínio de acordo com essa emoção.



- É importante ter diferentes estratégias para controlar diferentes sentimentos e emoções. Desta forma, se você está muito nervoso antes de uma entrevista de emprego, é bom respirar de forma lenta e lenta para se acalmar, tanto quanto possível.



Se você quer aproveitar ao máximo o EI, pode ser aconselhado por um especialista sobre o assunto ou ler livros diferentes que lidam com emoções. Por outro lado, terapias do tipo cognitivo-comportamental são realmente eficazes quando se trata de aproveitar ao máximo o IE acima mencionado.



ser una persona con una elevada inteligencia emocional está en tus manos Ser uma pessoa com alta inteligência emocional está em suas mãos



Características de uma pessoa emocionalmente inteligente



Uma pessoa com um alto grau de inteligência emocional mostrará uma série de características bastante visíveis:



- Tem uma grande capacidade de se motivar.



- Não busque nenhum tipo de recompensa pelo que foi alcançado. É importante se esforçar em todos os momentos sem ter que esperar nada em troca.



- Encontre a reflexão e sabe controlar diferentes impulsos.



- É um tipo de pessoa que tolera muita frustração e não desiste facilmente.



- Para evitar diferentes tipos de problemas, saiba como controlar seus estados emocionais.



- Ele tem uma série de habilidades sociais que ajudam você a ter empatia com outras pessoas e entender seus problemas.



Ser uma pessoa com alta inteligência emocional está em suas mãos. Como você viu, traz inúmeros benefícios para o corpo e ajuda você a levar uma vida muito melhor.



Siga todas essas dicas e torne-se uma pessoa emocionalmente inteligente.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 Sentir-se bem emocionalmente é necessário ter melhor saúde diária. Descubra por que EI pode influenciar positivamente sua vida. Sentir-se...

Por que as gorduras são boas para sua saúde?

Existem algumas gorduras que são boas para a sua saúde, descobrir o porquê e o que são. Assim, você pode se alimentar melhor a partir de agora.



Quando uma dieta é iniciada, ou quando a idéia de ter maior controle sobre nossa dieta é considerada, a primeira coisa que você olha é a quantidade de gordura que comemos todos os dias. As gorduras nas refeições foram vilipendiadas nas últimas décadas nos Estados Unidos, onde os alimentos com baixo teor de gordura ou sem gordura tornaram-se a norma há alguns anos. Eles nos fizeram acreditar que, graças a este tipo de dieta, teríamos o corpo que queríamos, e essa é uma das grandes mentiras nutricionais que nos dizem há anos.



Normalmente, não levamos em conta que nem todas as gorduras que comemos Eles são ruins para o nosso corpo. Existem muitas gorduras que são benéficas para o nosso corpo e para a nossa saúde. Hoje sabemos que nem todas as gorduras são criadas da mesma maneira e, acima de tudo, é claro que nossos corpos eles precisam de gorduras. Ou, mais especificamente, nossos corpos precisam de gorduras saudáveis. Os dois principais tipos de gorduras insaturadas são as gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas.

Uma pessoa adulta deve receber 20% a 35% de suas calorias de gorduras de sua dieta. Se essas gorduras são saudáveis, elas são benéficas para o coração. Mas muitas vezes os substituímos por carboidratos refinados como pão branco e arroz branco. Mas esses carboidratos podem aumentar os nossos níveis de triglicérides, e contribuir para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares



Vemos alguns tipos de gorduras saudáveis.



As gorduras insaturadas



gorduras insaturadas saudáveis ​​são líquidos à sala, enquanto as gorduras trans e gorduras saturadas, prejudiciais para a saúde, são sólidos a temperatura devido à sua preparação industrial através do processo hidrogenação. Não confunda estes tipos de gorduras.



em sua dieta para aumentar as gorduras insaturadas, substitui sólidos como a margarina, óleo de oliva e óleos vegetais. Alterar a carne vermelha ou frutos secos sem sal marisco. Do mar e de porcas também contêm gordura, mas geralmente menos do que a carne vermelha saturado.


<> p1 Os dois principais tipos de gorduras insaturadas são gorduras e gorduras poli-insaturadas monoinsaturada.


<> h30 gorduras mono-insaturadas

gorduras monoinsaturadas aumentar o colesterol HDL e diminuir o colesterol LDL. Azeite, óleo de amendoim, nozes, sementes e abacates são boas fontes dessas gorduras.



Para obter os benefícios destas gorduras monoinsaturadas, pode consumir hummus, que é rico em azeite de oliva ou guacamole. frutos secos sem sal também são ricos em gordura monoinsaturada, mas são ricos em calorias, por isso não é aconselhável consumir excessivamente.



gorduras poliinsaturadas



Você pode encontrar gorduras poliinsaturadas em nozes, sementes, óleos vegetais como milho e óleo de cártamo e peixe gordo. Esta categoria inclui ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 , ácidos graxos que são conhecidos como essenciais porque o corpo humano não os produz, portanto, temos que obtê-los através de nossa dieta. Gorduras poliinsaturadas podem ajudar a reduzir o nível de colesterol total



Ácidos graxos ômega 3



No mundo das gorduras saudáveis, os ácidos graxos ômega 3 são os mais apreciados. Entre os seus benefícios, descobrimos que combatem a inflamação, ajudam a controlar a coagulação do sangue e reduzem a pressão arterial e os triglicerídeos. Numerosos alimentos ricos em ácidos graxos ômega 3 dificultam comentar apenas um deles



Nozes, chia ou sementes de linho ou vegetais de folhas verdes Couves de Bruxelas, couve, espinafre e agrião são muito ricos em ômega 3.



Peixes gordurosos como albacora, salmão, cavala e sardinha também são boas fontes de Ômega 3, embora algumas pessoas relutem em consumi-las devido ao debate existente. aos níveis de mercúrio e outras toxinas do oceano que se tornam parte do peixe que vai para os nossos mercados.



Alimentos mais ricos em gorduras saudáveis ​​



Abacate

está demostrado que el aceite de oliva virgen extra reduce la incidencia de ataque al corazón Foi demonstrado que o azeite extra-virgem reduz a incidência de ataque cardíaco



Manteiga



Estamos familiarizados com substâncias que se parecem com manteiga como margarina, mas manteiga de verdade, crua e de fontes orgânicas, é um alimento rico em gorduras saudáveis.



Na manteiga encontramos Ácidos graxos ômega 6 e ômega 3 que ajudam nosso cérebro a funcionar adequadamente e também melhoram a saúde de nossa pele. Estes dois ácidos graxos são considerados essenciais, isto significa que o nosso corpo precisa deles, mas pode produzi-los por si só. A manteiga também é rica em vitaminas e minerais lipossolúveis, como o selênio, que é um poderoso antioxidante.



Óleo de coco



Benefícios do óleo de coco são muitos. É rico em ácidos graxos de cadeia média, que são de fácil digestão para o corpo, não são facilmente armazenados pelo corpo sob a forma de gordura e são pequenos, permitindo-lhes infundir energia no corpo. células quase que imediatamente.



Esses ácidos graxos também melhoram a função cerebral e a memória. Devido à sua grande quantidade de gorduras saturadas naturais, o óleo de coco aumenta o colesterol bom e melhora a saúde do coração, enquanto os antioxidantes encontrados no óleo de coco torná-lo um alimento anti-inflamatório eficaz que ajuda a reduzir a artrite



Azeite extra virgem



Todos sabemos o quanto é importante Adicione azeite extra-virgem à nossa dieta diária. É recomendado para a saúde do nosso coração, pois, de acordo com inúmeros estudos, é mostrado que o azeite extra-virgem e a dieta mediterrânea em geral reduzem a incidência de infarto do miocárdio ou de morrer de uma doença. cardíaco



Isto pode ser porque tem altos níveis de gorduras monoinsaturadas. Seus altos níveis de antioxidantes ajudam a proteger as células de possíveis danos. Também ajuda a melhorar a memória e a função cognitiva, e também funciona como um antiinflamatório.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 Existem algumas gorduras que são boas para a sua saúde, descobrir o porquê e o que são. Assim, você pode se alimentar melhor a partir de ago...

Quais são os sintomas da retenção de líquidos

A retenção de líquidos afeta homens e mulheres, mas quais são os sintomas? Descobri-los para remediar o mais rapidamente possível.



A retenção de líquidos é uma das patologias que mais afectam as mulheres do século XXI, e uma das maiores dores de cabeça pode pode nos dar Em muitas ocasiões, se paramos para observar nosso corpo, teremos percebido como, ao longo do dia, isso pode variar em termos de peso e inchaço. Se é verdade que de manhã nos sentimos muito mais leves e desinflados, à noite acontece o contrário. O grande culpado é a retenção de líquidos.



la retención de líquidos consiste en una de las patologías que más afecta a las mujeres del siglo xxi A retenção de líquidos é uma das patologias que mais afeta as mulheres do século XXI



A principal causa de retenção de líquidos é quando nossos tecidos se acumulam neles líquidos que eles não são capazes de expulsar facilmente. Isso ocorre porque há uma descompensação nos níveis de eletrólitos que farão com que os líquidos do nosso corpo não atuem de maneira normal.



Sintomas de retenção de líquidos



Embora na maioria dos casos pensemos que a retenção de líquidos ocorre sem qualquer explicação e que, como aparece novamente, desaparece, não é assim. Quando os sintomas começam a aparecer, temos que observar como o nosso corpo evolui e se isso é repetido muitas vezes, porque pode ser uma falha hormonal. Para fazer isso, vamos destacar os sintomas de retenção de líquidos, porque será muito mais fácil saber no ponto em que estamos.



- Um dos sintomas que se destaca e que nos afeta mais é o do inchaço das extremidades Quando nossas pernas, pulsos, abdômen e até os olhos incham, isso significa que nosso corpo pode estar sofrendo de retenção de líquidos.



- Nos sentimos muito pesados, porque nosso corpo tem que carregar aquele líquido que na verdade não nos corresponde porque está sendo armazenado de forma inadequada. Isso também fará com que nosso corpo ganhe peso e, portanto, nos sentiremos muito desconfortáveis.



- A aparência, nos casos mais extremos de retenção de líquidos, da temida celulite ocorrerá. .Isso, em muitos casos, nos leva a cometer verdadeira loucura, como dietas que prometem realizar milagres ou gastar grandes quantias de dinheiro em tratamentos que nos dizem para fazer a casca de laranja desaparecer.



- Fadiga, fadiga e mal-estar geral também podem ser um sintoma de retenção de líquidos, o que ocorre porque nosso sistema circulatório não funciona adequadamente.



Como reduzir a retenção de líquidos?



Tratar a retenção de líquidos é um aspecto que, se bem feito, pode ser eliminado completamente porque consiste em saber como tratar o seu organismo para que ele funcione da maneira correta. Para isso, vamos dar algumas dicas que nos ajudarão a fazê-lo desaparecer.



cuando comienzan a aparecer los síntomas tenemos que observar cómo evoluciona nuestro cuerpo Quando os sintomas começam a aparecer, temos que observar como o nosso corpo evolui



- Reduz a ingestão de sal. Com isto não só nos referimos ao sal que colocamos à comida, que também, as salsichas, as conservas, os queijos curados e as bebidas a gás, podem favorecer a retenção de líquidos, pelo que evitá-los é um bom caminho. para fazê-lo desaparecer



- Aumente o consumo de água. Isso é, na maioria dos casos, a principal razão pela qual sofremos retenção de líquidos. Beber bastante água ajuda nossa circulação a ser regulada e, portanto, eliminamos esse excesso de líquido de nosso corpo.



- Comer alimentos diuréticos. Abacaxi, alcachofra, beterraba ou espargos são alimentos que nos ajudam a eliminar líquidos, por isso, se tivermos retenção, eles se tornarão em nossos aliados perfeitos.



- Realize exercícios cardiovasculares. Evite sentar-se por muito tempo ou em pé na mesma posição, pois é melhor dar uma caminhada ou correr, para que nossa circulação seja oxigenada e capaz de assim reduz a retenção de líquidos.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 A retenção de líquidos afeta homens e mulheres, mas quais são os sintomas? Descobri-los para remediar o mais rapidamente possível. A rete...

Como ajudar alguém que tem anorexia

5 Salve a Saúde: 2018-09-16

Suas dores físicas lhe ensinam seu desconforto emocional

Todo mundo passa por momentos bons e ruins, mas se você tiver dor física, pode ser que lhe digam o sofrimento emocional que você sofre.



A vida não é fácil. Todos passam por momentos bons e ruins, nos quais sentimos tristeza, estresse, ansiedade ou raiva. Estes se prolongados ao longo do tempo podem influenciar diretamente a saúde física do doente e se tornar uma doença.



Dor física ou doença aparecem em muitas ocasiões para notificar a pessoa que ainda existem problemas psicológicos para resolver. Cada parte do corpo geralmente indica um distúrbio emocional diferente.



el dolor de cabeza suele producirse por el estrés A dor de cabeça geralmente é causada pelo estresse



Cabeça



Sim Se você sentir enxaquecas ou dor de cabeça, é muito provável que esteja sofrendo de estresse. Todo dia traz pequenas dificuldades que surgem, e não encará-las com calma e otimismo pode levar a um distúrbio físico. na área da cabeça. Tente levar as coisas com calma e dê pelo menos algumas horas de relaxamento para relaxar e meditar.



Pescoço



Quando você sente dor na região do pescoço, significa que você se sente culpado por alguma coisa e que está se julgando com muita severidade. Tente lembrar de todas as coisas boas que você fez e se você acha que deve se desculpar com alguém, é a melhor hora para fazê-lo.



Ombros



Carregar muito peso nos ombros traduz aqui como a dor nos ombros que surge quando sentimos que temos que fazer muitas coisas. Se cuidarmos de fazer tudo sozinhos, em vez de nos delegarmos ou nos deixarmos ajudar por aqueles que nos amam, é muito provável que acabemos nessa área tão dolorosa.



Voltar



A dor na parte superior das costas está relacionada com a necessidade de sentir-se amada. A solidão ou o rompimento de um relacionamento podem causar desconforto em esta parte do corpo. No que diz respeito à parte inferior, os problemas financeiros podem causar isso: eles significam que você precisa de segurança financeira.



Cotovelos



Se você sentir dor no ombro pode ser porque você se sente preso em sua vida. A rotina se apoderou de ti e você sente que nada se move. Introduz pequenas alterações na sua vida diária e tentar coisas novas.



 el dolor en el cuello viene causado por un sentimiento culpa A dor de garganta é causada por um sentimento de culpa



Hands



A desconforto em suas mãos têm a sua tradução em relação ao incapacidade de se conectar com outras pessoas transtorno emocional. Você pode ser tímido ou custando-lhe comunicar com os outros mas passo a passo você pode tentar encontrar novos amigos ou iniciar uma conversa com colegas de trabalho.



caderas



Dormência nos quadris está relacionado ao medo. medo de enfrentar as nossas emoções, medo da mudança, medo de fazer algo novo. A única maneira de parar de ter medo é confrontá-lo e seguir em frente, para estar preparado para fazer o que você tem em mente.



Joelhos



Joelhos e dor que sentimos nessa área é identificado com o ego. Se você foi imprudente para os outros ou que passaram de egoísta que pode sofrer quando a pé, sentado ou em última análise mover. Podemos precisar de baixar a fumaça e aprender a ser um pouco mais humilde.



Bezerros



Se nós sentimos que somos bezerros doloridos pode este desconforto está relacionado à ciúme e ressentimento. Os sentimentos negativos têm retido por tanto tempo pode levar à dor já mencionamos. Tente deixar de ir toda a bagagem emocional que pode prejudicá-lo.



Tornozelos



tornozelos são associado ao prazer. O desconforto nessa área pode significar que você é privando-se de coisas que lhe dão mais prazer. Mime-se um pouco e aprender a satisfazer dando-se ocasionalmente.



Feet



Depressão é uma doença que pode afetar diretamente a seus pés. Conversar com um psicólogo sobre seu distúrbio emocional pode ajudar tremendamente. Em sua rotina, tente encontrar alegria em pequenas coisas; cercar-se de coisas que em sua normalidade o fazem feliz como pessoas mais próximas ou um amado animal de estimação.



Se você se identifica com o distúrbio emocional relacionado à sua doença, é melhor procurar a ajuda de um especialista para resolvê-lo.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 Todo mundo passa por momentos bons e ruins, mas se você tiver dor física, pode ser que lhe digam o sofrimento emocional que você sofre. A...

Como saber se você precisa de um psicólogo

Se você não sabe se precisa ir a um psicólogo ou não, é porque já está duvidando se está realmente bem emocionalmente. Continue lendo para se livrar das dúvidas.



Quando você tem cárie, você vai ao dentista, quando você percebe dores musculares no fisioterapeuta e quando você tem um resfriado no médico. Mas quando ir ao psicólogo? A saúde mental tem sido um tabu durante séculos e, embora tenha havido muito progresso na padronização desses tipos de doenças nas últimas décadas, ainda há dúvidas sobre se deve ser consultado por um especialista, se houver razões para isso. faça isso, seja ou não o momento certo, se você me olhar mal por fazer isso...



A verdade é que se você já fez em algum momento a questão de saber se deve ir a um psicólogo é fácil responder isso mais normal é que é assim. Se você pensou sobre isso, é porque algum tipo de alarme saltou em seu corpo, você viu que algo não está indo bem ou se faz diferente do que tem sido até agora.



Na Bekia pretendemos ajudá-lo sem qualquer necessidade que você delira seu cérebro duvidando de perguntar uma vez com o psicólogo ou continuar com sua vida normal como se nada tivesse acontecido. Com medo de ser estigmatizado, indo ao médico? Apresentamos os sete sinais que indicam sim, que você tem que considerar ir a um profissional de saúde mental.



los cambios de conducta son síntomas claros de que puedes necesitar un psicólogo Mudanças comportamentais são sintomas claros que você pode precisar de um psicólogo



Mudanças de comportamento



Como qualquer outra falha na saúde mental existe sintomas que são mais óbvios que outros e nos colocam em alerta. No caso em que notamos que nos últimos tempos nossas emoções são evidenciadas de maneira notável e não temos controle sobre elas, é um sintoma de ter que ir a um psicólogo. Isso pode ser evidenciado por um choro descontrolado sem razão aparente, uma agressividade desenfreada ou comportamentos que nem o sofredor pode explicar, para dar alguns exemplos.



Às vezes você não detecta essas mudanças sozinho, mas pode fazê-lo. pessoas ao seu redor. Se este é o caso e eles dizem, seja claro, algo acontece e você não está ciente disso, então é melhor ir ao psicólogo. Deve-se ter em mente que, como com qualquer outra anomalia, na saúde mental, a primeira ação é melhor, a solução para o problema pode ser encontrada e resolver o que pode estar acontecendo o mais rápido possível.



Outro dos sintomas que você tem que colocar em aviso é se você se sentir oprimido por qualquer problema que possa ter. É o caso de conflitos em casa, no trabalho ou com amigos. O mesmo acontece se você sentir uma negatividade que o impeça de avançar com sua vida, fazendo o que você fez antes, realizando uma rotina considerada normal.



As razões pelas quais ir ao psicólogo geralmente influenciam o seu dia a dia, mas também podem ter um link para decisões de vida ou morte. Um dos sintomas que você pode ter algum tipo de problema relacionado à saúde mental é sofrer pensamentos catastróficos que incluem o fim da sua vida, mesmo com os dos outros. Levantar decisões como essa é um sinal de alerta, do mais óbvio, que algo está errado. Você precisa ter clarividência suficiente para perceber que é uma situação anômala e que, para superá-la, terá que buscar o apoio de outras pessoas. É melhor ir a um profissional.



Problema subjacente



Nos casos vistos acima, os sintomas são fáceis de identificar. E você pode fazer isso tão bem quanto as pessoas em seu ambiente, mas às vezes isso não acontece assim. Há momentos em que os sintomas de um problema surgem na forma de doenças e anomalias. Problemas para dormir, ficar longe de coisas que você gosta ou não ser capaz de se concentrar em outras tarefas podem ser sinais de que há algo subjacentes relacionadas com a sua saúde mental.



Mesmo com mudanças físicas significativas como queda cabelo unhas mais frágeis, distúrbios nos hábitos alimentares ou dores em várias partes do corpo são os alarmes do próprio organismo, que lhe diz que algo acontece.



Se você sofre de qualquer um dos sintomas acima ou mesmo mais de um plantearte é aconselhável consultar um psicólogo. Se você não tem certeza, pode primeiro consultar seu médico de família, que irá aconselhá-lo, mesmo com alguém que tenha consultado com esse tipo de profissional de saúde mental.



el psicólogo trata diversos problemas relacionados con la salud mental O psicólogo Ele lida com vários problemas relacionados à saúde mental



O que o psicólogo faz



E antes de pedir tempo com o psicólogo, seria interessante ser claro sobre o que ele pode fazer por você. É um tipo de profissional que pode ajudá-lo no tratamento de vários problemas de saúde mental, de depressões a superar episódios especialmente drásticos ou distúrbios de longo prazo.



Pode ajudá-lo a aprender enfrentar certas situações que possam surgir na vida, enfrentar problemas que o ferem especialmente ou conhecer melhor suas emoções. Eles geralmente fazem isso através de sessões de terapia - existem diferentes tipos dependendo do problema específico ou do paciente - cujo objetivo é conhecer a origem do problema e apresentar possíveis soluções.



Às vezes, o psicólogo pode recomendar a combinação terapia individual com sessões de grupo nas quais outras pessoas que estão em situação semelhante à sua estarão presentes, incluindo também o consumo de certos medicamentos que podem ajudar a descansar, relaxar e lidar melhor com os problemas.

5 Salve a Saúde: 2018-09-16 Se você não sabe se precisa ir a um psicólogo ou não, é porque já está duvidando se está realmente bem emocionalmente. Continue lendo para s...
< >